Música

Sri Chinmoy tocando cello

Sri Chinmoy vê a música como a linguagem universal do coração, a qual dissolve barreiras raciais, linguísticas e culturais. “É através da música”, diz ele, “que o sentimento universal de unicidade pode ser alcançado num piscar de olhos.”

Compositor prolífico, Sri Chinmoy conta com milhares de composições, tanto em sua língua nativa, o bengali, como no inglês. Sri Chinmoy toca diversos instrumentos, procedentes de todas as partes do mundo, incluindo uma variedade de flautas, o esraj indiano, violoncelo, harmonium, piano e órgão.

Sri Chinmoy tocando o Esraj

Sri Chinmoy sente que a música plena de alma pode nos levar além dos limites da mente, em direção à beleza serena do nosso próprio ser interior. Ele compõe numa consciência meditativa, e a sua música é cheia de uma capacidade igualmente meditativa. Mesmo em seu nível mais intenso e poderoso, a música que faz guarda uma quietude subjacente que reflete a sua origem.  

“A música não conhece fronteiras.
Ela é livre e subjacente.
Sua contribuição para a integração emocional –
Humana e divina –
Jamais pode ser perscrutada.”
- Sri Chinmoy